quinta-feira, 30 de junho de 2011

ESPAÇO CIDADANIA

CASO DE SAÚDE PÚBLICA



A CONHECIDA FEIRA DO PEIXE DO NOSSO MUNICÍPIO TEM CONDIÇÕES PRECÁRIAS DE HIGIENE. O PESCADO QUE É COMERCIALIZADO NA FEIRA LIVRE DA CIDADE NÃO TEM CONDIÇÕES DE SER CONSUMIDO VISTO QUE AINDA NÃO SE ABRIU OS OLHOS DA POPULAÇÃO E AUTORIDADES COMPETENTES (VIGILÂNCIA SANITÁRIA DO MUNICÍPIO) PARA A SEGUINTE QUESTÃO: A PROXIMIDADE COM O BANHEIRO PÚBLICO.

OCORRE QUE ALGUMAS PESSOAS DEIXAM DE FAZER SUAS NESSECIDADES NO BANHEIRO PARA IR NO LUGAR ONDE SÃO GUARDADAS AS BANCAS (ANTIGO POÇO DA CAERN) ONDE, NO DOMINGO, OS FEIRANTES COLOCAM SEU PEIXE. MUITOS URINAM SOBRE ELAS ONDE FICAM OS FRUTOS DO MAR QUE ELES MESMOS IRÃO CONSUMIR; ISTO SEM CONTAR QUE É UM LOCAL CHEIO DE FEZES PELO CHÃO E TAMBÉM ONDE MUITOS CASAIS SE ENCONTRAM POR LÁ. EM TEMPOS DE FESTA, NEM SE FALA. A SITUAÇÃO É BEM PIOR!

ALÉM DE INADEQUADO, O LOCAL ONDE ESTÃO AS BANCAS NÃO CONTA MAIS COM UM PORTÃO QUE HAVIA ANTES. ISSO FACILITA O ACESSO DAS PESSOAS.

ESPERAMOS AGORA QUE AS AUTORIDADES COMPETENTES E A POPULAÇÃO ACORDEM PARA A PROCURAREM EM CONJUNTO A SOLUÇÃO PARA ESTE PROBLEMA.



Nenhum comentário:

Postar um comentário