quarta-feira, 6 de julho de 2011

AS ENTRELINHAS

O GOVERNO FEZ UM PLANO DE BANDA LARGA POPULAR; ATÉ AÍ, TUDO BEM. MAS O CONSUMIDOR O CONSUMIDOR JÁ TEM QUE IR ABRINDO OS OLHOS, ANTES MESMO DE COMEÇAR A UTILIZAR O SERVIÇO. O FATO É QUE HÁ PONTOS OBSCUROS NO PLANO. E VOCÊ DEVE FICAR ALERTA E NÃO SE EMOCIONAR COM ELE, NEM COM A MAGNIFICÊNCIA DESTE ‘’AVANÇO’’ DO GOVERNO. VEJA A SEGUINTE REGRA DE CONTRATO:

‘’As operadoras Oi e Telefônica foram as duas únicas a aceitar o contrato até agora, que define a mensalidade de R$ 35 por uma conexão de 1 Mbps e um limite mensal de download de 300MB’’.

ISSO SIGNIFICA QUE O USUÁRIO NÃO PODERÁ SEQUER BAIXAR UM FILME POR MÊS QUE COMEÇARÁ A PAGAR A MAIS PELO SERVIÇO OU NO MÍNIMO OUVIR SUAS MÚSICAS NUMA WEBRÁDIO, JÁ QUE TAMBÉM ISSO É ATRVÉS DE DOWLOAD. ENTÃO, SE FOR UM CLIENTE DESAVISADO, NÃO CONSEGUIRÁ PAGAR NEM A PRIMEIRA FATURA.  QUEM FEZ ESSE PLANO NÃO LEVOU EM CONSIDERAÇÃO AS ESTATÍSTICAS QUE DIZEM QUE O BRASILEIRO É UM DOS QUE PASSA MAIS HORAS NA NET EM TODO O MUNDO.
PORTANTO, APESAR DE POSITIVA A MEDIDA, OS CONSUMIDORES QUE ADORAM BAIXAR ARQUIVOS NA INTERNET TÊM QUE FICAR ALERTA PARA NÃO TOMAR UM SUSTO COM A CONTA NO FINAL DO MÊS. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário